Apartamentos de um dormitório

Quem disse que para morar bem é preciso morar em grandes apartamentos, com metragem de sobra?  A tendência nas grandes metrópoles é a escolha por espaços cada vez menores com projetos bem executados, onde qualquer m2 é aproveitado da melhor forma possível. Muita gente, seja pela economia ou praticidade, tem optado por comprar apartamentos de um dormitório.

“Acredito que essa tendência tem a ver com mudanças na estrutura familiar e nos hábitos das pessoas, como o aumento de casais sem filhos, do número de solteiros, além da crescente preocupação com a mobilidade urbana”, diz Marcos Yunes, sócio da Yuny Incorporadora.

A empresa, nos últimos anos, tem apostado também neste mercado e já possui opções de empreendimentos com ofertas de apartamentos mais compactos. “Espaço grande não é sinônimo de mais conforto. Nossos decorados de um dormitório estão aí para provar que apartamentos pequenos também podem ser muito bem aproveitados e aconchegantes”, conta o empresário.

De acordo com a pesquisa de mercado imobiliário do Secovi-SP, com dados da Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), em 2007 foram lançadas, na cidade de São Paulo, 534 unidades de apartamentos de um dormitório. Já em 2014, foram lançadas 10918 unidades, um aumento 20 vezes maior, que demonstra a evolução e confirma a tendência no mercado imobiliário.

(647)

Apartamentos de um dormitório