Venda de materiais de construção volta a crescer em julho

O crescimento de 3,7% nas vendas de material para construção registrado em julho ante o mês anterior mostra que a economia do país está, aos poucos, voltando a girar. Os números são da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). No acumulado em 12 meses, porém, o indicador de vendas ainda está negativo em 6,2% na comparação com igual período do ano anterior.

Para o presidente da entidade, Walter Cover, a discreta reação do varejo de materiais confirma a expectativa de recuperação ao longo do segundo semestre.

Confiante em uma retomada lenta e gradual, o executivo destaca que o alto índice de desemprego e incertezas no cenário político, aliado às dificuldades para obtenção de crédito, tem adiado as decisões de investimentos e de consumo das famílias, mas juros em queda e inflação estabilizada estão ajudando a reverter esse quadro.

Para Marcos Yunes, sócio da Yuny Incorporadora, o momento é de boas oportunidades para quem se prepara para comprar o primeiro imóvel. “Os preços estão convidativos no segmento residencial, o que torna a ocasião perfeita para realizar o sonho da compra do primeiro imóvel”, afirma.

(13)

Venda de materiais de construção volta a crescer em julho